Rafinha Bastos: Ostentação, camarote e hipocrisia