Fábio Porchat

Um dos nomes mais conhecidos do Humor nacional. Apresentador do Programa do Porchat (claro!)
Release

Nascido no Rio de Janeiro, em 1º de julho de 1983, viveu até os 19 anos em São Paulo.

Em 2002, quando era aluno de Administração da ESPM, foi ao programa do Jô Soares, onde acabou por apresentar um esquete de sua autoria, baseado no seriado “Os Normais”. Foi quando decidiu seguir a carreira de ator. Mudou-se para o Rio de Janeiro e formou-se na CAL – Casa de Artes das Laranjeiras.

Seu primeiro trabalho foi “Infraturas” (2005/2006), peça composta por esquetes de sua autoria, em que atuou com Paulo Gustavo, e dirigida por Malu Valle.

Na televisão, seu trabalho como roteirista inclui “Zorra Total” (2006 a 2009), “Junto & Misturado” (2010/2011), “Os Caras de Pau” (2010/2011), “Esquenta” (2011/2012).

Atuando na televisão, foi apresentador do programa “De Perto Ninguém é Normal”, na GNT, em 2008, com direção de Paula Fiuza.

Na TV Globo, integrou o elenco de Junto & Misturado, em 2010, com direção de Maurício Farias. Interpretou o personagem Junior, sócio de Marieta Severo em A Grande Família, em 2012/2013. Participou do quadro Medida Certa, do Fantástico, em 2013, fazendo dupla com Preta Gil

Protagonista, juntamente com Miá Mello, na série “Meu Passado Me Condena”, dirigida por Júlia Resende, no Multishow, com duas temporadas completas.

É autor de diversas peças teatrais: “Faz Sentido” (2005), “Olho de Boneca” (2006), “Elas Morrem no Fim” (2007), “Calabouço” (2008), “Velha é a Mãe” (2010), esta última encenada por Louise Cardoso e Ana Baird em diversas cidades do Brasil, 2º lugar no concurso promovido pelo Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB/RJ), em 2006. No mesmo ano seu esquete “O Crítico” ganhou o Prêmio do Júri Popular, no Salão Carioca de Humor.

Em 2006 passou a integrar o primeiro grupo de comédia stand up do Brasil, o “Comédia em Pé”, juntamente com Cláudio Torres Gonzaga, Fernando Caruso, Léo Lins e Paulo Carvalho, onde permaneceu até 2011.

Em 2008, produziu e dirigiu a montagem de “Pic Nic no Front”, de Fernando Arrabal. Também se apresentou No Maior Festival de Humor do Japão.

Em 2009, escreveu,produziu e dirigiu a peça “Palavras na Brisa Noturna”, texto livremente inspirado no livro “As Boas Mulheres da China”, da jornalista chinesa Xinran Xue, que assistiu à apresentação especial durante a FLIP, em Paraty e posteriormente à estreia no Rio de Janeiro. A peça foi encenada também em São Paulo e novamente no Rio em 2012.

Em 2010 entrou em cartaz com seu solo de stand up “Fora do Normal”, apresentando-se em diversas cidades do país e que continua em cartaz até hoje.

Em 2012, juntamente com Ian SBF, Gregório Duvivier, João Vicente de Castro e Antônio Tabet, fundam a produtora de videos “Porta dos Fundos”, cujo canal no Youtube tornou-se um fenômeno de audiência e de inscrições em menos de um ano de existência – são 6.300.000 inscritos e 500.000.000 de visualizações. A produtora também criou o canal “Fundos da Porta”, para exibição dos “making of” dos vídeos e recentemente foi lançado o “Backdoor”, com os vídeos legendados, exclusivamente para o mercado internacional.

Sua participação em produções cinematográficas incluem “Teste de Elenco – O Filme”, primeiro longa brasileiro a ser lançado exclusivamente na Internet, dirigido por Ian SBF e Osíris Larkin. Atua como protagonista juntamente com Tatá Werneck, Marcus Majella e outros.

Em 2007, atuou no curta-metragem “O Lobinho Nunca Mente”, roteiro de Ian SBF, que também o dirigiu, recebeu o 2º lugar no Festival de Curtas do canal AXN, tendo recebido diversos prêmios em festivais de curtas, no Brasil e no exterior.

Em 2012 participou do longa-metragem “Totalmente Inocentes”, dirigido por Rodrigo Bittencourt, com Mariana Rios, Ingrid Guimarães, Fábio Assunção, Kiko Mascarenhas e outros.

Em 2013 estreia a comédia “Vai Que Dá Certo”, dirigida por Maurício Farias, em que, além de ter sido responsável pelos diálogos e pela redação final juntamente com o diretor, atuou ao lado de Bruno Mazzeo, Danton Mello, Felipe Abib, Gregório Duvivier, Lúcio Mauro Filho e Natália Lage. Foram quase 3 milhões de espectadores,uma das maiores bilheterias do cinema nacional.

Também em 2013 participa dos longas “O Concurso”, dirigido por Pedro Vasconcelos, com Danton Mello, Rodrigo Pandolfo, Anderson di Rizzi e Sabrina Sato, que estreou em julho e “Meu Passado me Condena”, primeiro longa da diretora Júlia Rezende, onde faz par romântico com Miá Mello.

Workaholic que é, nos últimos anos Fabio perpetuou seu sucesso e além de viajar todo país com shows, eventos corporativos, ser garoto propaganda de diversas marcas fortes, conseguiu, em 2016, estrear seu próprio talk show, o Programa do Porchat, na Rede Record.